sábado, 5 de abril de 2008

.... remédio irresistível ou cobardia?

Um dia eu amei.. Nesse tempo sabia o que era a felicidade..sabia sorrir e sabia dar valor aquilo que me rodeava. Como tudo na vida, a felicidade também não é eterna. Como eu a desejo de volta e como não a consigo alcançar. Também sei que agora é tarde de mais..e o "sim" que desejava ouvir hoje é um "não". O pior de tudo,é que nem mesmo o pouco que me restava sobrou. Desfez-se como tudo o resto. O que sobrou fui eu, mais uma vez sozinha,acompanhada apenas pela infelicidade e pela saudade.

Hoje acordei com muito menos forças. Parece que o peso do mundo se sente cada vez mais. Como desejo tudo de volta. Tento mais uma vez apagar cada recordação, cada momento,segundo. Quero rasgar esse passado em pedacinhos. Quero avançar e não consigo.
Olho em volta e penso num refúgio... e é então que me lembro do pior remédio do mundo.
Não posso querer aquilo que tive de volta..mas então?o que me poderá fazer feliz?

4 comentários:

Margarida disse...

Um dia todos sentimos a perda. Um dia todos pensamos que a melhor cura é a pior escolha.Mas olha p'ra mim!Resisti!Estou aqui!E TU também foste a razão p'ra eu não cair em vão e não te deixar amargada para a vida inteira.Por isso...deixa o tempo passar..Porque o tempo tudo cura...
Estou aqui para ti!

Emily disse...

O sentimento de perda surge na vida de toda a gente, mais tarde ou mais cedo.
A saudade corrói-nos por dentro e parece q leva tudo embora, ficamos cheias de tanto vazio. É como uma mão gigante que nos atravessa as costelas, nos envolve o coraçao e o esmaga lentamente.
Mas tudo se supera... é uma questao de tempo. Dizem que o tempo é o melhor remédio para tudo, custa demais esperar por ele..pelo tempo. mas tu és uma rapariga forte e estás rodeada de pessoas que gostam de ti e que te apoiam, q sempre te estendem a mao quando caires.
O tempo nao apaga o passado, n tem de apagar, porque se acnteceu houve um motivo para isso.. e isso contribui para o teu crescimento, para te tornares mais forte, preparada para a etapa seguinte.. com o tempo, a ferida aberta vai fechando, vai sarando, ganha crosta... até que fique só uma cicatriz.. e nessa altura sempre que estiveres prestes a fraquejar, olhas para ela vais-te lembrar do q conseguiste superar, e vais-te sentir muito mais forte.

Apesar da nossa distância (não só física), acredita q podes falar comigo SEMPRE que quiseres!
Sorri... tens um sorriso lindo, Joana!*

sue disse...

não procures aquilo que já tivest, has d encontrar algo novo, que na sua maneira diferente d ser te poderá dar tanta felicidade, mas diferent. num queiras o passado de volta, crescest, ja num es a pessoa que eras nele, ele nunca volta, e a frente ta uma enormidade de coisas boas. hao d chegar, num esperes sentada por elas, vai andando que elas aparecem quando menos as quiseres.

Anónimo disse...

a nossa cabecinha funciona de maneira a que nos lembremos principalmente das coisas boas, é por isso que tantas saudades temos do passado e tudo nos parece já ter sido um mar de rosas! se pensares bem sabes que não foi assim! e sabes também que o unico caminho e para a frente e que só o enfrentamos de cabeça erguida e "peito feito" :P

custa olhar para trás!é verdade!mas somos nós que estamos entregues a nos proprios e nos fazemos a nossa felicidade!o caminho e para a frente!luta por ele!

beijinhos!